Potássio de Assimilação Rápida – (1% N – 25% K2O)

 

Dados Técnicos:
Densidade: 1,33 g/mL
pH: 7,0
Solubilidade: Completa
Natureza física: Solução Verdadeira

 

Garantias:
N sol. água = 1,0% (13,3 g/L)
K2O sol. água = 25,0% (332,5 g/L)

REG. MAPA: SP-09849-10027-9

Tab Title

O AMINOQUELANT-K low pH é uma fórmula desenvolvida para aumentar a assimilação de Potássio, pois ele aumenta a sua circulação através das membranas celulares, facilitando a sua absorção e transporte até os pontos de consumo.

Características
O Potássio do AMINOQUELANT-K low pH:• Intervém na osmorregulação e na abertura e fechamento dos estômatos, promovendo ainda a fotossíntese;• Regula diretamente os processos relacionados com a maturação, aumentando a qualidade dos frutos;• Participa diretamente na resistência e recuperação das plantas perante as situações de estresse, como seca, geada, granizo, frio, fitotoxidade, etc.Efeitos da Aplicação de AMINOQUELANT-K low pH• Aumento do calibre;• Frutos mais homogêneos;• Maior valor nutritivo;

• Maior teor de minerais;

• Avanço da maturação;

• Melhoria da coloração;

• Melhoria da consistência;

• Melhoria do sabor;

• Aumento do grau Brix;

• Maior produtividade;

• Frutos mais sadios;

• Ajuda na recuperação da planta quando a mesma passa por estresse hídrico, temperatura, fitolexidade, etc.

Compatibilidades

O AMINOQUELANT-K low pH, devido ao seu baixo pH, é compatível com a maioria dos fertilizantes comerciais.

Evitar misturas com produtos que contenham grandes quantidades de Cálcio e Magnésio.

Em caso de dúvida, realizar teste para verificar a sua compatibilidade química utilizando as mesmas doses.

Recomenda-se a aplicação de AMINOQUELANT-K low pH desde o inicio do desenvolvimento dos frutos ou da cultura, até a colheita.

Ajuda a resistir melhor aos períodos de frio, calor e seca e serve para ocasiões em que as plantas apresentam mais dificuldades em absorver os nutrientes do solo e para momentos decisivos do ciclo biológico, como no transplante, na floração e na maturação.

Função dos aminoácidos nas plantas

Os aminoácidos são os constituintes básicos das proteínas, macromoléculas complexas que desempenham funções especificas nas plantas, principalmente a nível estrutural como componentes das paredes celulares.

Os aminoácidos caracterizam-se por possuir um grupo amino (NH2) e um grupo ácido (COOH) unidos a um átomo de carbono. A este carbono também se ligam um hidrogênio e um radical que é diferente para cada tipo de aminoácido.

Aminoácidos

AA LIVRES( % p/p )

Ácido Aspártico

0,06

Ácido Glutâmico

1,44

Serina

0,05

Glicina

1,12

Histidina

0,04

Arginina

0,03

Treonina

0,89

Alanina

0,05

Prolina

0,04

Tirosina

0,01

Valina

0,05

Metoinina

0,01

Isoleucina

0,02

Leucina

0,02

Fenilalanina

0,04

Lisina

1,19

Cistina

0,01

Triptofano

0,01

Asparagina

<0,01

Glutamina

<0,01

 

 

    TOTAL %

5,08

Culturas

Doses

Época de aplicação

Horticolas de folha (alface, brócolis, aipo, couve-flor)

Via foliar: 300-400 ml/100L de água. Cada 2-3 semanas.                                      Rega localizada: 10-12L/ha.                     1 a 3 vezes por mês

De 6 a 8 semanas após o transplante até 10 dias antes da colheita.

Horticolas de fruto ( tomate, pimentão, morango, pepino, melão, berinjela, melancia)

Via foliar: 200-350 ml/100 L de água. Cada 2-3 semanas.                                      Rega localizada: 10-12 L/ha.                     2 a 4 vezes por mês, até 60 L/ha.

Pós-floração: a partir da formação dos primeiros frutos até a maturação.

Citros e árvores frutíferas (laranja, tangerina, limão, maçã, pêra, pêssego, nectarina, kiwi, ameixa, cereja)

Via foliar: 200-400 ml/100 L de água. Cada 7 a 10 dias.                                      Rega localizada: 40-70 L/planta.                     Cada 7 a 15 dias.

Desde o início do engrossamento do fruto até a colheita.

Videira

Via foliar: 300-400 ml/100 L de água.                                       Rega localizada: 5-10 L/ha.                     Semanalmente.

Desde o desenvolvimento do fruto até a maturação.

Frutos tropicais (banana, abacate, abacaxi, mamão, manga, goiaba, graviola, atemóia, lichia)

Via foliar: 300-400 ml/100 L de água. Cada 2-3 semanas.                                      Rega localizada: 50-100 ml/planta.

Desde a floração até a maturação dos frutos.

Plantas ornamentais

Via foliar: 300-400 ml/100 L de água. Cada 7 a 15 dias.

Desde a pré-floração.

Culturas industriais e extensivas (batata, soja, fumo, algodão, cereais)

Via foliar: 300-400 ml/100L de água.

De 4 a 5 semanas depois da sementeira ou transplante, até a colheita.

Cana-de-açúcar

Via foliar: 2 L/ha.

Aplicar 35 a 25 antes da colheita.

AS DOSES PODEM VARIAR ENTRE O MÁXIMO E O MÍNIMO RECOMENDADO, DE ACORDO COM A CULTURA E O ESTÁGIO FISIOLÓGICO EM QUE SE ENCONTRA A MESMA.

CONSULTE SEMPRE UM ENGº AGRONÔMO.

• Colocar no tanque pulverizador metade da água a ser utilizada. Adicione o AMINOQUELANT-K low pH e em seguida complete com o restante da água, mantendo sempre a agitação;

• Dada a excelente solubilidade não é necessário e nem se aconselha a utilizar dispersantes;

• Evitar misturar com produtos que contenham grandes quantidades de Cálcio e Magnésio;

• Em caso de dúvida, realizar sempre um teste em uma pequena área para verificar a sua compatibilidade química utilizando as mesmas doses recomendadas;

• Após a aplicação, lavar todo o equipamento com água em abundância.

•  Armazene em lugar fechado, seco, arejado e em temperaturas ambientes;

•  Manter embalagem fechada após o uso e longe do alcance das crianças e animais;

•  Manusear o produto sempre utilizando EPI (equipamento de proteção individual);

•  Em caso de contato direto com os olhos ou prolongado com a pele, lavar a região atingida com água em abundância, especialmente os olhos;

•  Em caso de ingestão procure imediatamente um médico levando a embalagem e o rótulo do produto.