Fertilizante Foliar – (0,02% B – 0,05% Mn – 0,1% Zn – 2,1% N)

 

Dados Técnicos:

Densidade: 1,10 g/mL
pH: 5,2
Natureza física: Líquido/Solução Verdadeira

 

Garantias:
N sol. água = 2,1% (23,1 g/L)

Zn sol. água = 0,1% (1,1 g/L)

Mn sol. água = 0,05% (0,55 g/L)

B sol. água = 0,02% (0,22 g/L)

REG. MAPA: SP-09849-10028-7

Tab Title

Informações básicasUm conceito totalmente novo em fertilizante para lhe permitir obter a máxima rentabilidade na sua colheita.

Características

Recomenda-se o TERRA-SORB foliar para aquelas ocasiões em que as plantas demonstram ter mais dificuldade em absorver os nutrientes de solo, e para os momentos decisivos do ciclo biológico (transplante, floração, queda das pétalas, etc.).Por ter uma composição de micronutrientes balanceados e com fornecimento de Nitrogênio, o TERRA-SORB foliar:• Aumenta o nível foliar de clorofila, tornando a fotossíntese mais ativa;

• Apresenta rápida recuperação frente a situação de estresse.

Máxima qualidade

O cuidado na seleção das matérias-primas utilizadas na fabricação do TERRA-SORB foliar garante a extraordinária qualidade dos vegetais tratados.

Máxima quantidade

Aplicando TERRA-SORB foliar às culturas consegue-se um aumento significativo da produção.

Máxima resistência

O TERRA-SORB foliar aumenta a resistência das culturas em condições adversas (seca, geadas, salinidade, granizo, asfixia radicular, etc.), mantendo a atividade fotossintética quando esta se torna mais fraca, devido a baixas temperaturas ou a outros fatores.

O TERRA-SORB foliar também pode ser utilizado como repositor de energia pós-colheita

Melhor absorção dos nutrientes

O uso do TERRA-SORB foliar aumenta a disponibilidade dos micronutrientes administrados.

Compatibilidades

As misturas de TERRA-SORB foliar com Enxofre, Cobre ou Óleos não deverão ultrapassar a quantidade de 150 CC/100 L de água.

Em caso de dúvida, realizar sempre um teste para verificar a sua compatibilidade química utilizando as mesmas doses recomendadas.

A utilização do TERRA-SORB foliar é aconselhável em todos os momentos que a cultura precisa de um estímulo nutritivo e fisiológico, tais como: início do clico vegetativo (assim que alcançar massa foliar suficiente), transplante, pré-floração, queda de pétalas ou desenvolvimento dos órgãos vegetais.

TERRA-SORB foliar deve ser aplicado via foliar como tratamento de choque em períodos de estresse (seca, frio, salinidade, vento, asfixia radicular, geadas, granizo, etc).

Função dos aminoácidos nas plantas

Os aminoácidos são os constituintes básicos das proteínas, macromoléculas complexas que desempenham funções especificas nas plantas, principalmente a nível estrutural como componentes das paredes celulares.

Os aminoácidos caracterizam-se por possuir um grupo amino (NH2) e um grupo ácido (COOH) unidos a um átomo de carbono. A este carbono também se ligam um hidrogênio e um radical que é diferente para cada tipo de aminoácido.

Aminoácidos

AA LIVRES                          ( % p/p )

Ácido Aspártico

0,43

Ácido Glutâmico

2,88

Serina

0,34

Glicina

1,89

Istidina

0,22

Arginina

0,37

Treonina

0,30

Alanina

0,36

Prolina

0,27

Tirosina

0,15

Valina

0,37

Metoinina

0,14

Isoleucina

0,29

Leucina

0,52

Fenilalanina

0,29

Lisina

0,42

Cisteina

0,02

Triptofano

0,05

Asparagina

< 0,01

Glutamina

< 0,01

 

 

   TOTAL %

9,31

Culturas

Doses

Hortícolas de folha e frutos, frutas de caroço, frutíferas tropicais, citros, uva, cultivos industriais e extensivos

2 a 3 (L/ha)

AS DOSES PODEM VARIAR ENTRE O MÁXIMO E O MÍNIMO RECOMENDADO, DE ACORDO COM A CULTURA E O ESTÁGIO FISIOLÓGICO EM QUE SE ENCONTRA A MESMA.

CONSULTE SEMPRE UM ENGº AGRONÔMO.

•  Colocar no tanque pulverizador metade da água a ser utilizada. Adicione o TERRA-SORB foliar e em seguida complete com o restante da água, mantendo sempre a agitação;

•  No caso de misturas com Enxofre, Cobre ou óleos recomenda-se diminuir pela metade a dose. No caso de dúvida, consultar nosso Departamento técnico;

•  Em caso de dúvida, realizar sempre um teste em uma pequena área para verificar a sua compatibilidade química utilizando as mesmas doses recomendadas;

•  Após a aplicação, lavar todo o equipamento com água em abundância.

•  Armazene em lugar fechado, seco, arejado e em temperaturas ambientes;

•  Manter embalagem fechada após o uso e longe do alcance das crianças e animais;

•  Manusear o produto sempre utilizando EPI (equipamento de proteção individual);

•  Em caso de contato direto com os olhos ou prolongado com a pele, lavar a região atingida com água em abundância, especialmente os olhos;

•  Em caso de ingestão procure imediatamente um médico levando a embalagem e o rótulo do produto.